[LIVE] Constância: a chave para alta performance como Personal Banker - 07/12 às 19h @FranqOpenbanking
Publicado: 14/10/2021Tempo de leitura: 4 min. - Última atualização: 06/04/2022

Fases do Open Banking no Brasil

Publicado por

Marketing Franq

Marketing Franq

Conteúdos Especiais

Como anda a implantação do sistema bancário aberto em nosso país? Veja em qual fase estamos e o que acontece em cada uma.

Estamos chegando às fases finais da implantação do Open Banking no Brasil – um novo modelo de sistema bancário aberto, proposto pelo Banco Central, que promete ser uma transformação tão grande quanto a internet.

Mas até quando vai este processo? Em que etapa estamos no momento? Leia até o final e saiba tudo sobre as fases do Open Banking no Brasil!

Depois de encontrar dificuldades no percurso, o Banco Central anunciou que as instituições participantes do Open Banking têm um novo prazo, no final de junho de 2022, para definir a sua estrutura definitiva e aderir ao novo modelo.

A prorrogação se deu em função das mudanças no cronograma das fases iniciais da implementação da infraestrutura para a troca de dados. O prazo inicial era até dia 25 de outubro.

Em suma, o Open Banking é um novo formato de sistema bancário aberto que, por meio do compartilhamento de dados, estimula a competição no setor e abre espaço para a oferta de novos serviços e produtos para os consumidores. Se você não sabe o que é Open Banking, leia este post.

Open Banking: fases de implantação

O processo de adesão ao Open Banking foi dividido em quatro fases e as três primeiras passaram por algum tipo de adiamento. A quarta e última fase iniciou em dezembro do ano passado e segue em andamento.

Fase 1: ocorreu a adesão compulsória das instituições financeiras e o compartilhamento de informações padronizadas de produtos e serviços bancários entre elas. Nesta fase, nenhum dado de cliente foi compartilhado.

Fase 2: nesta etapa os dados do consumidor podem ser compartilhados, caso ele queira, com alguma instituição. Informações como cadastros, transações em conta, cartões e operações de crédito com o banco de sua preferência. Este consentimento pode ser revogado a qualquer hora.

Fase 3: foram integrados serviços financeiros como PIX, pagamentos e encaminhamento de propostas de crédito, que poderão ser obtidos sem a necessidade de acessar os canais das instituições financeiras com as quais têm relacionamento.

Fase 4: ampliação de dados, dos produtos e serviços: operações de câmbio, de investimentos, de seguros, de previdência e de contas-salário poderão ser compartilhadas, mediante autorização.

Como será o Open Banking em 2022?

Ainda veremos novas etapas da implantação do Open Banking no Brasil neste ano. Com agenda prevista até o final do primeiro semestre, a tendência é que, findado o processo, inicie uma nova transformação, agora do Open Finance.

Desde 2019, a Franq Open Banking fundamenta seu modelo de negócio no ecossistema aberto, distribuindo produtos e serviços de grandes bancos e fintechs do mercado nacional, com atendimento personalizado dos Personal Bankers – bancários autônomos que usam nossa tecnologia para atuar com os parceiros que preferir.

Seja um bancário autônomo do Open Banking e aproveite as vantagens que ele oferece. Clique aqui e saiba mais.

Fonte