[Live] Personal Banker Vs. Agente Autônomo de Investimento - 28/7 às 19h @FranqOpenbanking
Publicado: 10/05/2021Tempo de leitura: 6 min. - Última atualização: 26/07/2021

Oportunidade de negócio: 5 motivos para ser Personal Banker

Publicado por

Marketing Franq

Marketing Franq

Conteúdos Especiais

Entenda como a atividade pode transformar sua carreira

Se existe uma máxima dentro do mercado financeiro é que sempre devemos procurar pela melhor oportunidade de negócio. Com a chegada do Open Banking no Brasil, as possibilidades para bons profissionais estão crescendo exponencialmente.

Isto porque com o open banking, o usuário do sistema financeiro não ficará limitado ao vínculo de seus dados e histórico financeiros a apenas uma instituição, tendo liberdade para transitar entre diferentes bancos, fintechs e demais players do mercado.

Considerado esse contexto, uma boa oportunidade de negócio para profissionais com experiência no mercado financeiro é atuar como um bancário autônomo - assim como outrora tivemos médicos de família, a figura do bancário de família será mais comum nos próximos anos.

No post de hoje, traremos 5 excelentes motivos para você atuar como Personal Banker na Franq Openbank e por que se trata de uma boa oportunidade de negócio.

1. Possibilidade de trabalhar com os melhores produtos e serviços

Um Personal Banker é um profissional munido da tecnologia e portfólio desenvolvidos pela Franq Open Banking, capaz de atender uma gama variada de clientes.

Em nosso portfólio você encontra produtos e serviços financeiros de instituições líderes de mercado, para clientes que buscam por oportunidades em investimentos, consórcios, financiamentos, seguros, antecipação de recebíveis, entre outros produtos.

Alguns exemplos de parceiros da Franq: Itaú, Santander, Bradesco, Porto Seguro, Banco BV, Creditas, Sofisa, entre outros.

Existem diferentes taxas e possibilidades para produtos iguais, variando de instituição para instituição. Como Personal Banker, é possível colher o que há de melhor em cada produto, de acordo com o perfil do cliente atendido - possibilidade que não existe em uma realidade de agência bancária, onde só há uma “marca” dentro do menu de opções.

2. Atuação livre de amarras

Não são poucos os relatos de bancários e ex-bancários em relação ao clima de pressão que habita as agências.

Cobrança em relação a metas, relacionamentos abusivos e ambientes tóxicos são apenas alguns dos casos citados em pesquisas feitas por sindicatos, reportagens e afins.

Como Personal Banker, o profissional atua como autônomo, definindo seus horários, local de trabalho, metas e produtos com os quais gosta de atuar de acordo com a sua experiência.

Imagine você sentado em um bom café, com seu notebook, enquanto realiza atendimentos no horário que achar melhor. Parece interessante, não é mesmo? Talvez essa cena esteja mais próxima da realidade do que você imagina.

Na Franq, não há exclusividade. O Personal Banker pode conciliar sua atuação com outras atividades e seus ganhos não possuem nenhum tipo de limitação ou teto.

3. Aprendizado e desafios

A atuação como Personal Banker não difere muito do que a grande maioria dos membros da Franq já vivenciaram em suas carreiras.

Afinal, como diz nosso CEO, Paulo Silva, não existe ex-bancário. Existe um ex-funcionário do banco.

O que isso significa?

Que a essência da profissão se mantém, que é de entender para atender pessoas em busca de objetivos financeiros.

No entanto, esta nova realidade está aplicada em um novo contexto, agora muito mais digital e moderno. Ser Personal Banker implica em uma mudança de mindset, pois a partir do momento em que você passa a fazer parte da Franq, a marca é seu nome e não mais o banco.

Você é o especialista, curador de produtos financeiros - um conselheiro para seu cliente, com o diferencial de que agora o seu interesse é o interesse dele e não mais do banco.

E pode se posicionar como tal no ambiente digital perante sua rede de contatos, por meio das plataformas de redes sociais, da criação de conteúdo e estratégias alinhadas à revolução digital que vivemos.

4. Suporte para ter sucesso na jornada

Ao ingressar na Franq, o novo Personal Banker encontra todo um entorno preparado para o começo de uma nova etapa de atuação.

Para isso, contamos com uma equipe de Sucesso do Cliente, que presta todo o suporte necessário em relação ao uso da plataforma, apoio nas operações, entre outras atividades.

Em operações de maior complexidade, o nosso time de Mesas entra em ação junto do Personal Banker para dar mais agilidade e eficiência ao atendimento, atuando como eixo de apoio durante todo o processo.

Dentro de nosso aplicativo, o beFranq, existem diversas peças de marketing para uso em uma estratégia digital; produzimos lives diárias sobre parceiros, produtos, processos e outros temas relevantes à atuação do Personal Banker; além de buscarmos sempre ouvir as demandas de quem está na ponta.

Além disso, no grupo atual temos mais de 1500 Personal Bankers membros da Franq, com os quais você pode trocar ideias e experiências.

5. Fazer parte da próxima grande transformação do mercado

Quando falamos que o open banking chegou para revolucionar o mercado financeiro nacional, não estamos brincando.

Em diferentes oportunidades, diretores do Banco Central e outras autoridades reforçaram o impacto da série de mudanças trazidas pelo open banking para a vida dos brasileiros.

O calendário do open banking prevê sua implantação finalizada ainda este ano. Ou seja, muito em breve as coisas vão se transformar significativamente.

Nesse cenário, você prefere estar junto daqueles que farão a mudança acontecer ou vai olhar de fora?

Como ser Personal Banker na Franq Open Banking?

Para atuar como Personal Banker membro da Franq, é necessário ter 5 anos ou mais de experiência em grandes bancos e muita vontade de fazer a diferença.

Quer ser um Personal Banker e aproveitar as vantagens do Open Banking? Clique aqui e cadastre-se.