[Live] Entendendo os critérios de aprovação de Personal Bankers - 28/9 às 19h @FranqOpenbanking
Publicado: 08/10/2020Tempo de leitura: 3 min.

PIX internacional já está em discussão para ocorrer em 2022

Publicado por

Marketing Franq

Marketing Franq

Conteúdos Especiais

Leia esta e outras notícias em nosso Boletim da Semana.

Na última terça-feira (06/10), o diretor de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, afirmou que já está em discussão a proposta para operação do PIX internacional, que permitirá a transferência de valores para outros países. A informação foi divulgada pelo site Infomoney.

Contudo, como uma nova legislação cambial ainda está em discussão no Congresso, é necessário aguardar os desdobramentos para iniciar a operação, prevista para ocorrer entre os anos de 2022 e 2023.

Receitas de tarifas de bancos será corroída pelo PIX, segundo Moody’s


A subsidiária de classificação de crédito, Moody’s, prevê que com o lançamento do PIX, receitas que antes eram obtidas pelos bancos com tarifas cobradas por TED e DOC serão corroídas. Isso porque o PIX, para Pessoas Físicas, será gratuito. 

Ou seja, com a ampla utilização do sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central, os grandes bancos perderão uma receita recorrente de forma gradativa, segundo notícia publicada no site Valor Investe.

Para você ficar por dentro do assunto, separamos tudo o que você precisa saber sobre o PIX em nosso blog. Vale a leitura!

Bacen oficializa redução do compulsório a prazo até abril de 2021


A Agência Brasil de notícias divulgou na última segunda-feira (05/10) que pessoas bancarizadas poderão solicitar empréstimos com mais recursos, “em razão da prorrogação da alíquota reduzida de 17% para os depósitos compulsórios a prazo”, segundo comunicado pelo Banco Central.

A informação é de que esse percentual voltaria a casa de 25% em dezembro, mas permanecerá em 17% até o início do segundo trimestre do próximo ano. Em abril, a previsão é de que o percentual aumente para 20%, e permaneça neste patamar.

Caderneta de poupança bate recorde em setembro


Os investimentos na poupança continuam a atrair uma parcela de brasileiros. Em setembro, foram captados R$13,22 bilhões, valor 51% maior que o mesmo período, em 2019, conforme notícia publicada pela Agência Brasil.

É o maior resultado registrado desde o início da série histórica, iniciada em 1995. Com as oscilações da bolsa de valores e do Tesouro Direto, a caderneta de poupança segue sendo interessante para investidores mais conservadores, mesmo com o baixo rendimento.

Acompanhe outras novidades sobre a Franq e o mercado financeiro em nossas redes sociais.