[LIVE] Constância: a chave para alta performance como Personal Banker - 07/12 às 19h @FranqOpenbanking
Publicado: 26/05/2022Tempo de leitura: 7 min.

Seis aspectos essenciais para empreender no mercado financeiro

Publicado por

Marketing Franq

Marketing Franq

Conteúdos Especiais

Para empreender no mercado financeiro é preciso sair da zona de conforto e seguir alguns passos importantes.

Você já deve ter ouvido que empreender no mercado financeiro não é fácil. Mas fique tranquilo, com orientação, tudo fica mais descomplicado do que parece. Traçando metas, com planejamento e disciplina, tudo flui sem grandes complexidades. 

Porém, sabemos que falar é mais simples do que praticar para construir a sua autoridade na área.  Por isso, vamos apresentar dicas práticas para seguir adiante e dominar todos os atributos para empreender no mercado financeiro.

Leia este texto como se estivesse ouvindo um franco conselho. Estas são lições de quem já lida com milhares de bancários e ex-bancários que deixaram para trás a carreira engessada em bancos e estão desenvolvendo sua vida profissional com sucesso. Acompanhe os próximos tópicos para saber mais sobre este processo.

Veja quais são os pontos positivos de empreender no mercado financeiro

Qualquer situação da vida tem um lado positivo e negativo, e na atividade autônoma, não é diferente. Mas quando o tema é empreender no mercado financeiro, podemos encontrar inúmeros pontos positivos. 

Principalmente quando analisamos que esse mercado está vivendo uma verdadeira transformação provocada pela tecnologia. Tudo está mais acessível, ágil e democrático. Além das diversas áreas de atuação existentes, como consultor, bancário autônomo ou agente de investimentos, há, ainda, benefícios reais e relevantes:

  • possibilidade de trabalhar com produtos e serviços mais atrativos;
  • capacidade de atuar sem amarras;
  • flexibilidade para desenhar metas;
  • aprendizado constante.

Conheça as características básicas de um empreendedor

Para aproveitar os pontos positivos que citamos, é inevitável mudar a forma de pensar e agir. Enquanto atende alguém no banco, você possui o respaldo da instituição. O cliente está confiando no seu trabalho, mas também no histórico de relacionamento construído junto à empresa. 

A partir do momento em que você, bancário ou ex-bancário decide empreender no mercado financeiro, abdica dessa estrutura para criar a sua própria carteira de clientes. A sua postura deve transmitir credibilidade e segurança. Nesse momento, seja resiliente e tome para si algumas atitudes indispensáveis. Entre elas:

  • iniciativa e olhar voltado para as oportunidades;
  • cuidar constantemente com a qualidade;
  • saber cálculo de riscos;
  • ter autoconfiança;
  • ser persuasivo.persuasão.

As qualidades acima são primordiais para quem está iniciando uma jornada profissional completamente diferente. Conhecendo-as, agora você pode conferir algumas orientações que farão a diferença em seu futuro profissional. Acompanhe as recomendações.

Dicas para você começar uma carreira como autônomo no mercado financeiro

  1. Faça um planejamento empresarial

O seu modelo de negócios irá permear suas ações como empreendedor. Para determiná-lo, use o Diagrama de Canvas. Este é o jeito mais comum de se criar um planejamento empresarial. Além de auxiliar na hora de tirar suas ideias do papel, ele contribui para uma avaliação ampla do negócio. Isso inclui as forças, pontos de melhoria, essência da empresa, custos, etc. 

  1. Tenha um objetivo

Ter foco é primordial em variados aspectos. No início do negócio, então, ele deve ser a sua palavra de ordem. São muitas ideias e inúmeras chances, mas a sua mente deve seguir o seu alvo. Crie suas metas e seja específico no que deseja construir. Uma cabeça cheia de possibilidades pode ser dispersiva e impedir o que precisa ser feito. Siga o modelo de negócios criado (como na sugestão acima) e coloque em prática com rigor. 

  1. Descubra o seu público-alvo

O seu público-alvo nada mais é que um grupo de pessoas que vai se encaixar nos produtos e serviços que você vai oferecer. São os indivíduos mais propensos a ter você como referência na hora de fazer. Estabelecer esta segmentação antes mesmo de iniciar, é muito importante. Com isso, é viável direcionar os esforços de venda com mais assertividade. Para definir o grupo alvo, realize pesquisas e colete dados como:

  • região em que reside;
  • hábitos de consumo;
  • faixa salarial;
  • idade

No e-book, as verdades sobre a Franq e o sucesso do Personal Banker, explicamos como fazer a definição do público alvo.

  1. Abra a sua empresa

Criar um CNPJ é fundamental para regularizar a sua situação como pessoa jurídica. Ele proporciona acesso a crédito, redução de impostos e outros benefícios. Em um primeiro momento, uma MEI deve ser suficiente. Veja as especificações para pequenas empresas:

  • MEI – Microempreendedor Individual: faturamento de até R$ 81 mil anual;
  • ME – Micro Empresa: faturamento de até R$ 360 mil anual;
  • EPP - Empresa de Pequeno Porte: EPP – faturamento de até R$ 3,6 milhões anual.
  1. Capacite-se

Talvez essa seja uma das principais características empreendedoras. A dinâmica do mercado financeiro muda rapidamente. A inovação está presente em cada tarefa da rotina, e você precisa acompanhar. Não se limite a aprender apenas o que lhe parece interessante. Saia da sua bolha. Como autônomo, precisará saber um pouco de tudo. Isso inclui gestão de pessoas, gestão comercial, tecnologia, dentre outros assuntos. Em outro post do nosso blog, detalhamos as principais certificações do mercado financeiro

  1. Faça parcerias

Ninguém dá grandes passos sozinho. Ao longo do tempo, irá perceber que as suas maiores conquistas foram obtidas com a participação de várias pessoas. Criar um network é imprescindível para evoluir na carreira e arranjar parceiros de negócio é sempre bem-vindo. Aproveite as oportunidades de quem já está estabelecido para se relacionar no mercado.

Os principais desafios da transição

As movimentações feitas nesta fase  podem ser positivas ou negativas, mas  uma coisa é certa: os aprendizados serão constantes. Em alguns momentos, surgirão obstáculos, mas eles não devem atrapalhar o seu foco e a  sua evolução. Para servir como um alerta, veja quais são os desafios mais frequentes dessa mudança:

  • criar uma carteira de clientes;
  • medo de partir para a ação;
  • lidar com as burocracias;
  • fidelizar clientes.

Conquistando os primeiros clientes

Você acabou de ler sobre os desafios de empreender no mercado financeiro. Citamos, dentre eles, a conquista e fidelização de clientes na carreira autônoma. Se pretende sair do banco ou já saiu, é hora de saber como fazer isso com técnica e clareza. A partir da troca de experiências com mais de 5.000 Personal Bankers, desenvolvemos um E-book para lhe servir de guia. Clique aqui e leia o conteúdo completo.

Nós, da Franq Open Banking, acreditamos no empreendedorismo no mercado financeiro com afinco e por isso, garantimos todo o suporte na hora de fazer novos negócios.

Quer saber mais? Clique no banner abaixo