Publicado: 16/07/2020Tempo de leitura: 5 min.

Profissionais financeiros destacam as vantagens em ser um Personal Banker

Publicado por

Marketing Franq

Marketing Franq

Conteúdos Especiais

Independência, inovação e variedade de produtos são alguns dos fatores que os levaram a empreender, usando a tecnologia da Franq.

Não existe ex-bancário; existe ex-funcionário de banco. A frase, dita pelo CEO e fundador da Franq Openbank, Paulo Silva, parte da ideia de que com toda a expertise adquirida nesses ambientes, o profissional financeiro que já trabalhou em banco pode, se desejar, dar um novo rumo à sua carreira: atuar de forma independente ao escolher empreender e se tornar um Personal Banker. Para isso, conta com o apoio da tecnologia, somado à experiência de longos anos no passado, quando ainda representavam uma única marca.

José Roberto Gaspula, Regina Ferreira e Leonardo Paim explicam os fatores que os motivaram a empreender usando a tecnologia da Franq.

Hub financeiro do cliente


José Roberto Gaspula soma 25 anos de trajetória profissional, atuando como gerente de alta renda, entre outros cargos. De uns tempos para cá, decidiu aproveitar seu conhecimento de uma forma diferente. Com o apoio do aplicativo e plataforma web da Franq, o profissional financeiro consegue trabalhar de qualquer lugar, basta ter uma conexão com a internet. A tecnologia permite o envio de links e do portfólio de produtos pelas principais redes sociais, para tornar o atendimento ao cliente mais ágil e fácil. “A plataforma da Franq me deixou entusiasmado. O sistema de enviar os links por e-mail e WhatsApp é extremamente rápido para atender o cliente. Eu não tinha isso num banco”, conta ele. 

Por essa razão, José Roberto Gaspula avalia que a tecnologia transforma o profissional experiente em um “hub financeiro”, ou seja, um ponto que concentra tudo aquilo que uma pessoa pode precisar quando o assunto são finanças. “Com a Franq, consigo ofertar qualquer tipo de produto, no mesmo lugar, para todo tipo de público. Não preciso hoje direcionar o cliente para nenhum outro lugar. A Franq me atende de uma maneira completa. O Personal Banker é o centro de atendimento, o hub financeiro do cliente”, analisa.

Novo modelo digital


Há algum tempo, a transformação digital bateu a porta de muitos negócios, inclusive os bancos. Com a pandemia, a mudança no atendimento e a oferta de produtos pela internet foi um apelo por parte do público. Antes, porém, uma parcela da população já estava habituada com a facilidade que o digital proporciona e muitos profissionais financeiros já observavam esse movimento de mercado. É o caso da Regina Ferreira. Com mais de 20 anos atuando como bancária, desde março de 2020 ela decidiu usar a tecnologia da Franq para oferecer diferentes produtos e serviços financeiros aos seus clientes.

“O mercado bancário está mudando cada vez mais. As pessoas passaram a conhecer e aceitar este novo modelo digital, deixando de lado o tradicional, burocrático e com filas. E a Franq veio pra esse mercado justamente para trazer facilidade, praticidade, economia de tempo e de dinheiro para as pessoas e empresas de um modo geral. Para quem busca um trabalho com liberdade, transparência, oportunidade de poder atuar em vários negócios e obter a realização pessoal e financeira, a Franq é o lugar certo”, destaca Regina.

Liberdade para si e para o cliente


Com mais de 25 anos de experiência, trabalhando em bancos de primeira linha no Brasil, Leonardo Paim decidiu que era hora de mudar os rumos da carreira em 2015, quando abriu uma consultoria, atuou em uma empresa familiar e, em seguida, em uma startup. Mas a experiência que pulsava dentro dele falava mais alto. Foi quando conheceu a Franq em novembro de 2019, durante um evento promovido pela fintech. O que mais chamou a sua atenção foi “a possibilidade de continuar tendo um negócio próprio, de voltar a ter uma carteira de clientes, me dedicando como eu me dedicava há cinco anos de uma forma personalizada, e sem a necessidade de obrigar um cliente a comprar um produto”, explica.

Um dos grandes diferenciais da tecnologia da Franq - que criou plataformas para distribuição de produtos e serviços financeiros - foi a diversidade de parceiros. Atualmente, mais de 20 bancos e fintechs oferecem seus produtos na Franq, entre eles Santander, UCI, Creditas, Weel, Porto Seguro, Stone, Sodexo, Banco Sofisa Direto, BS2, entre outros. “Com a linha de produtos que a Franq disponibiliza, que já aumentou bastante de novembro para cá e nos próximos meses vem coisas novas, cada vez tenho mais opções aos meus clientes, de uma forma não engessada - como no banco. Posso mostrar para eles uma série de produtos e, de acordo com o perfil, verificar o que se enquadra melhor às necessidades do cliente”, enfatiza Leonardo.

Se assim como o José, a Regina e o Leonardo você é um profissional financeiro e também tem interesse em se tornar um Personal Banker, veja mais informações e o cadastro neste link.